logo pinheiro de Natal barry4kids.net  

para home em português para home em francês para home em alemão para home em inglês


Natal e as suas tradições

Pai Natal

pinheiro do Natal

presépio de Natal

as renas do Pai Natal

outros símbolos de Natal

 
  título da página do pinheiro de Natal  
         
 
Pinheiro de Natal

Ter um pinheiro enfeitado tornou-se de tal modo familiar na época do Natal, que quase nos esquecemos de que a origem deste costume nada tem a ver com o mundo cristão e, pelo contrário, derivou de uma celebração pagã.

Com efeito, há muitos, muitos séculos, já os povos germânicos usavam um pinheiro para celebrarem o solstício de Inverno no dia 21 de Dezembro de cada ano. Segundo a mitologia desses antigos povos, o pinheiro sempre verde simbolizava a energia vital e lembrava aos homens que, mesmo em pleno Inverno, a Natureza não está morta e que, pelo contrário, se prepara para iniciar um novo ciclo de vida.

Mais tarde, quando da expansão do cristianismo na Europa, esta festa do dia 21 de Dezembro foi adaptada aos usos cristãos e, assim, o pinheiro entrou nas nossas casas, transformando-se em árvore de Natal.

As primeiras decorações foram as hóstias, depois seguiram-se as guloseimas para as crianças que se portassem bem. Nos finais do século XVI, o pinheiro de Natal era enfeitado com grinaldas de flores de papel e nozes prateadas ou douradas.

Foi só no século XVIII que as velas fizeram a sua aparição, e no século XIX os Alemães começaram a fabricar ornamentos em vidro soprado para decorar as árvores de Natal. Esta tradição alargou-se ao resto da Europa e do mundo, estando sempre em plena evolução.

Em 1912, os Americanos decoraram uma praça pública, em Nova-York, com um grande pinheiro de Natal iluminado. E pensaram ter sido os primeiros a ter tal ideia. Mas não era o caso, pois já em 1906 os Finlandeses tinham tido a mesma ideia e decorado a praça da pequena vila de Pietarsaari com um pinheiro iluminado!

A árvore de Natal não é o único símbolo desta bela estação do ano. Existem muitos outros como o presépio, as coroas de Natal, o sapatinho ao canto da chaminé.... Para os descobrires, utiliza o rato e... continua a clicar! E se quiseres fazer e colorir decorações para a tua árvore de Natal, clica AQUI!

Também podes gostar de ler A Lenda do Pinheiro de Natal.

E uma vez que falamos de abetos e pinheiros, um detalhe curioso. Já reparaste que estas árvores estão sempre verdes? Sabes porquê? Pois bem, é por causa das folhas, em forma de agulhas, que duram muito tempo na árvore e não caem todas ao mesmo tempo!

 
  assinatura do Barry

 
   
       
    Todos os Textos e Imagens © Dulce Rodrigues, 2017. Todos os direitos reservados